terça-feira, 6 de maio de 2008

Ainda Guam




Foi num dia de chuva intensa aqui por estas terras, que nos fizemos ao aeroporto de Nagoya. Depois de alguns atrasos e trânsito lá chegamos ao guichet da Northwest airlines. Como não tinham a certeza se precisavamos de um visto demoraram seculos e pelo meio:


- O computador seleccionou aleatoriamente vocês para uma entrevista.

Falamos em separado da nossa amiga Marta e ao que parece, estavam a ver se coincidíamos em questões como:

-Quem decidiu fazer esa viagem

- Quem decidiu o destino

- Em que dia marcaram, pagaram, etc ...


Enfim, depois de uma fila gigantesca para a Segurança, fomos dos últimos a chegar ao avião, mas o que interessa é que já lá estávamos dentro, e depois de preenchermos milhentos formulários, lá nos deixaram desembarcar neste país:



Os protagonistas


Oscar, Marta, Kobayashi, Alfonso e Euzinha


(Primeira foto da viagem - reparem no Bronze..eheh)



Ahh e o Gonçalo, claroo!

Houve momentos de todo o género

Barbecues



Drinks


RElax, relax, relax


(Vista do nosso quarto)

(Sim, é mesmo verdadeira ...)




Passeios



Momentos românticos

(foto pirosa, não??)


Também houve scuba diving, mas ainda não há fotos disponíveis :)


Para acabar em menor beleza aqui ficam alguns detalhes:


- 90% dos turistas eram japoneses
- Muitos restaurantes tinham o Menu em japonês
- Pensavam que éramos de Puerto Rico (será o sotaque)
- Na ultima noite a carteira do Gonçalo desapareceu.

Mas não foi tudo, à saída no aeroporto, fomos surpreendidos ( ou não...):
- A vossa agência pediu que os revistássemos mais minuciosamente, excepto o vosso amigo japonês!

.... hummm.... acho que fiquei como uma ideia do que deve ser pertencer a um pais fora da UE e viajar.
Mas após irmos para uma salinha, tirarmos os sapatos, e de tudinho na nossa mala ser revistado ao pormenor, o senhor pediu desculpa pelo inconveniente e até ficou contente quando pedimos para tirar uma foto.

4 comentários:

Aline Lima disse...

Acredite, ser brasileiro é ainda pior, se duvidar, te olham com desconfiança até no Brasil.
Mas espero que o resto da viagem tenha sido legal o suficiente para não pensar nesses aborrecimentos :)

mae disse...

Olá Filha
Apesar de aniversariante, tenho tido um dia de trabalho para esquecer. Mas no final da tardinha recebi uma linda orquídea, com saudades e amor.Parece que veio na Japan Airlines. Foi bom,senão seria um dia igual aos outros. Também me submergiu a saudade , nestes dias a solidão pesa mais e recordamos momentos do tipo " No dia em que festejavam o dia dos meus anos..."
Estive a ver as fotos, sítios lindos, mas definitivamente não há gente nas praias...estranho. Essa desconfiança sobre vós tb me pareceu estranha. O q importa é que o Balanço foi positivo, cá continuarei a ver as fotos dessa experência em terras do sol nascente e a ler as tuas palavras . Obrigada pela brancura da Orquídea,o cartão não era c/ a tua letra redondinha mas acredito serem tuas as palavras já que nao deves saber de q cor é..beijos da tua mãe que muito te admira

Angelo disse...

Nao fosse esse episodio da revista minuciosa, e ainda me aventurava por terras de Guam! EH EH!

Belas fotos e eu tambem quero!

E belissimas palavras da mama! Beijinhos para ela!

Smas disse...

Olá!
Obrigada pela passagem no meu canto das comidinhas!
QUalquer dúvida é só perguntar.
Andei aqui a cuscar e adorei este hotel das ilhas Guam onde estou a pensar ir, não queres fazer "publicidade" ao hotel?
Bjs