quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Nagoya

Muitas vezes, não faço justiça à minha cidade! Digo sempre, que me podem visitar, mas que não vale muito a pena ficarem aqui em Nagoya, mas na realidade tem alguns pontos de interesse para todos os gostos.




Para quem goste de compras....



Área da Estação

Osu





Sakae

Para quem goste de desenhos animados...





De Castelos...

De Edificios fora do normal ...





Oasis21 (visto de baixo)





Jardim no topo do Oasis21 com vista para a Torre da TV



(ainda nos tempos da visita da Mena)

Pequena Itália no Porto de Nagoya


Há muito mais para ver


Agora, já não há desculpas para não darem aqui um pulo!

domingo, 24 de fevereiro de 2008

Neve, Frio, Correntes, Muisica de Embalar e Matcha

Na esperança de vermos as famosas casas em Shirakawa-go, no radioso sábado fizemo-nos à estrada.

Ao fim de uma hora de caminho, a neve não nos largava, e lá tivemos de parar para comprar umas correntes para os pneus. Esta tarefa poderia ter sido fácil e rápida se não fosse a primeira vez e se estivesse um tempo mais jeitoso.
Mas a paisagem prometia, ver as casas do estilo Gassho "World cultural and natural heritage site". Este nome vem do facto do angulo formado pelo telhado trazer à memória a forma das mãos juntas para rezar.

Mas a paisagem prometia, ver as casas do estilo Gassho "World cultural and natural heritage site". Este nome vem do facto do ângulo formado pelo telhado trazer à memória a forma das mãos juntas para rezar.

O caminho era difícil e escorregadio, mas a imagem da vila fantástica que tinha visto na net não nos saía da cabeça ....



Fica uma lição "consultar as previsões meteorológicas antes de visitar um local desconhecido"







Frase do dia: "aiii que bem que me soube aquele café ..."




Mas será que estes chapéus protegem mesmo???



Falando em chapéus, não posso deixar passar que mal chegámos comprámos dois ( o melhor souvenir de sempre) mas mal parámos para almoçar, à saída já lá não estavam .... Ao que parece é um hábito comum .... ainda dizem eles que o índice de criminalidade é baixo ... e isto não conta??????????


Depois de estradas cortadas, correntes partidas, etc etc chegámos a casa por volta das 22:30


No Domingo estavamos mesmo a merecer um descanso, mas o Gonçalo tinha jogo de futebol e eu bilhetes para um concerto de Biwa, mal sabía eu o que me esperava ...



Tinha curiosidade em ir ao concerto pois é um instrumento musical usado na musica tradicional japonesa, é da familia dos alaúdes.







Fiquei de me encontrar lno Concert hall do Museu da electricidade com a Gotto-sensei, minha professora de japonês.





E olha o video ....

video

E acreditem que esta parte era a mais animada ...

Claro que não fui a única quase a cair para o lado de sono


Mas tudo acabou em bem, isto é, de volta de um chá Matcha.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Japanese hobbies

Ontem não estava com a mínima paciência para ir para a aula de japonês, mas quando lá cheguei fiquei surpreendida, era dia de festa.Entre jogos tradicionais a outras brincadeiras, assim se passou uma boa manhã.



Caligrafia Japonesa



Peço desculpa ao povo japonês por esta péssima representação do símbolo do Japão ....



Aqui está a minha querida professora Tanase a segurar as minhas duas obras de arte.

Passámos para algo mais activo, Kendama, como quem me conhece sabe que sou uma pessoa muito habilidosa, portanto já se está a ver o resultado.



A minha amiga Shuko, cheia de entusiasmo depois de ter conseguido à vigésima vez...



Et Voi là!!!! não é que consegui...


A Terri, a mostrar que afinal os seus segredos culinários, resumem-se a vegetais pré preparados comprados no supermercado da zona!! Espero que a mãe dela não veja esta foto senão tem um desgosto...



Também se fez por lá Origami, mas eu nem me aventurei nesse desporto radical ..hihihih



Mas o mais divertido foi mesmo jogar às Karutas, isto é Cartas (pois uma vez mais introduzimos uma coisa muito util neste país, o jogo com cartas)

Aqui está a minha amiga Taeko (à esquerda) a por ordem no jogo


Também se jogou a a um tipo de malabarismos mas as bolas são de tecido, e a técnica é um pouco diferente.



E assim se passou uma boa manhã ....

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

J-POP

Porque o mal tem de ser dividido pelas aldeias ... não pensem que vou ser a única aqui a sofrer com este género musical. Fiquem ai com um belo HIT ...



(Aviso: O ponto alto do video, é o barbecue na praia e a bela da coreografia!!!)

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Gero Onsen

Este Domingo, mesmo à ultima da hora (à bom português) decidimos dar uma visitinha à cidade de Gero Onsen (perto de Takayama). Tinhamos em mente tomar um banho termal num Onsen (termas japonesas) que tinhamos visto na internet. Como todos os websites são em japonês, não percebemos bem do que se tratava, mas porque não irmos à aventura.

O caminho tinha uma paisagem soberba, pois estávamos na fronteira com a região de Nagano, famosa pelas suas montanhas e estâncias de ski.




Esta zona de Onsens, localizada na região de Gifu é conhecida pelas suas propriedades medicinais, principalmente para o Reumatismo, desde o século X. E é considerada como uma das três melhores zonas do Japão.


Estávamos mesmo entusiasmados, pois na internet tinhamos visto um todo catita, que depois tinha uma área que se podia alugar para estarmos os dois juntos a relaxar. Sim, porque isto aqui é na sua maioria separado por sexos. Tem alguma razão de ser, pois os Fatos de Banho não são permitidos. Ao nível das regras de Etiqueta, ir a um Onsen tem muito que se lhe diga, toma-se um banho antes de entrar, mas não se pode usar sabão, o uníco objecto que se pode transportar para o recinto é uma toalhinha (pouco maior que uma de bidé) e que não pode tocar na água. Entre outros requisitos que se tem de ter em conta.


Chegando ao dito local, ficámos desanimados, pois fomos logos barrados, ao que conseguimos entender, era preciso uma reserva...bahhhh


Bem, resolvemos procurar o Posto de Informações. Lá ao fim de uns bons tempos achámos, e claro que não falavam inglês, mas lá nos disseram qq coisa como havia um tal sitio em que podiamos estar juntos. Ela disse não sei o quê, mas nós já estávamos por tudo, queriamos era por-nos de molho.




Como ao que parece, a procura é muita ficámos alojados na super sala de espera, acho que em português há um nome para isto ...ahhhhhhh já sei ESPELUNCA


(na foto não se vêm os buracos da alcatifa, devido às beatas)

Ora bem, como não percebemos bem, fomos para a um dito "Banho publico", isto é, tipo Fast Bath, a pessoa entra tira uma senha e lá vai ela. Como não queriamos estar separados, lá nos mandaram para um Privado, isto é uma banheira e pouco mais ..lolol ... fizemos nós 2h e meia de carro para isto



Já não bastava estarmos decepcionados com o sitio, quando vamos a por as patinhas na água, uiiiii está bem tá! Meia hora para uma perna, meia hora para outra ..ufff ...mas como é possivel? Lá para o fim lá me semi-deitei, mas o segredo está, mexermos apenas o essencial, isto é apenas respirar.

À saida, perguntámos a temperatura, e quando o senhor disse 50 graus, não ficámos nada surpreendidos.

Antes de deixarmos esta terra, decidimos ir provar as comidas tipicas, para ver se ficávamos com uma outra impressão do local, e então lá nos fizemos à estrada em busca do Hoba Miso Steak!

Lá nos recomendaram um local e foi quando demos de caras com este parque lindíssimo


Só agora, fazendo uma pesquisa sei que estávamos em Gero Onsen Gassho Village, onde se encontram as tipícas casas em forma de A e fazem parte do UNESCO World Heritage.

Bem, mas com isto não nos esquecemos da nossa busca de "Bifes Grelhados numa mistura de miso, cogumelos e outros vegetais em cima de uma Folha de Magnolia" que afinal era mesmo já ali ao lado.

Devido ao frio intenso que se fazia lá fora, soube que nem ginjas este jantarinho delicioso (oishii) à beira do aquecedor e com o chá a aconchegar.


Afinal, o dia até valeu a pena .... Give me 5



quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

O meu primeiro cozinhado Japonês

Ahh pois é, quem me viu e quem me vê! No outro dia assim do nada fiz um bolo e uma arroz de marisco, depois também vieram as sopas ... nota-se que por aqui não há 4Salti e Douradinhos, não?

Dois motivos me levaram a começar a aventurar-me no mundo da culinária japonesa, um é o livro que ando a ler: "As mulheres japonesas não engordam nem envelhecem" claro que isto não é bem assim, mas o que esta publicação me deu a conhecer foi os benefícios da culinária japonesa feita em casa, onde predominam os produtos frescos, nomeadamente os vegetais e peixe, mas também carne, e já cá faltavam talvez dois dos pilares mais importantes desta cozinha, o ARROZ e o chá. Ponho arroz em grande destaque pois, é raro ver-se uma refeição japonesa sem este. Só para verem a importância, aqui o nome das refeições, é tipo: Arroz da manhã, Arroz da tarde, etc....
Sim leram bem, arroz da manhã!!!! Actualmente os pequenos almoços já estão muito ocidentalizados, mas o pequeno almoço tradicional, e ainda seguido por muitas famílias quanto mais não seja aos fins de semana, pode consistir em: Arroz, Sopa de Miso, uma pequena posta de peixe frito, uma poção de omolete (Tamago), algas, etc ..ahh, e chá verde, claro!!!

Bem, voltando ao assunto inicial, um outro motivo que me levou a cozinhar, foi o facto da minha amiga Taeko, quando veio cá a casa, em vez de ter trazido uma garrafa de vinho, ter me oferecido um pouco do seu Miso e Dashi, feitos em casa. Bem, talvez nem para todos estes nomes são tão vulgares, daí fazer uma muuuuito breve explicação:
Miso: Pasta fermentada de soja com arroz ou trigo
Dashi: Flocos de peixe seco, com os quais se faz um caldo.

Resultado, fiz uma Sopinha de Miso com cebolinho e uma receita japonesa de bifes com cebola servidos numa taça de arroz ( E ainda acham que a cozinha japonesa é só sushi!!). Para entrada Ebi Mayo, como quem diz cocktail de camarão, também famoso por estas bandas.


Mas nem tudo são rosas, a população japonesa cozinha muito bem, e também imita muito bem, as comidas menos saudáveis do Ocidente, logo muitas vezes caimos numas tentações:


Padarias



Mr.Donuts

Mega Gelados


Bem, espero vos ter posto de água na boca ....

Atá breve (espero!!)